Como passar chapinha sem detonar o cabelo?

Para algumas mulheres, fazer chapinha é tão comum quanto passar perfume, escovar os dentes e colocar brincos antes de sair de casa. Tem outras que fazem chapinha uma vez ou outra, só para mudar o visual. Estas ou aquelas mais viciadas em cabelos lisos, precisam de cuidados antes de passar o aparelho quente nos fios. Ele estraga a camada capilar, retirando todos os nutrientes que existem nos fios, além de ressecar imediatamente quando a chapinha é passada de forma errada.

 

Como passar chapinha sem detonar o cabelo?

Como passar chapinha sem detonar o cabelo?

 

E aqui está o grande lance para quem quer salvar os cabelos: passar a chapinha de forma correta ajuda a amenizar os estragos e também a prolongar a saúde dos seus fios. Como? Bom, não é num passe de mágica, mas a gente chega lá! Vamos começar pelo começo, ok? A dica principal dos cabeleireiros é passar chapinha apenas (leia bem: apenas!) nos cabelos limpos. Nada de repassar a chapinha no cabelo que você lavou ontem. Esse é um dos erros mais comuns e que também mais prejudica o seu cabelo.

Então toda vez que você alisar seu cabelo com o aparelho, deve lavá-lo antes e deixá-lo bem sequinho com o secador. Assim, as camadas capilares não perdem tantos nutrientes com a alta temperatura e você consegue ficar com o cabelo inteiro por mais tempo. Se passar naquele fio sujo, que já recebeu creme, óleo e pegou vento e poluição, estará quebrando a camada capilar. Resultado: fios bem espigados, secos e sem brilho.

Nunca, jamais, em hipótese alguma faça chapinha com os cabelos molhados. Eles vão derreter na sua mão! É a mesma coisa que fritar os cabelos! Quando o fio está molhado, o ressecamento é imediato, prejudicando a cor e a saúde do fio. Além do mais, você terá que passar a chapinha mais vezes até secar o cabelo. Quanto mais passar, mais vai tirar as vitaminas e nutrientes e mais quebrado seu fio ficará.

Antes mesmo do secador, você deve passar um creme de proteção, mais conhecido como protetor térmico, que ajuda a manter os fios protegidos do calor. Esquecer deste produto também está na lista dos erros que as mulheres cometem ao usar a chapinha. Um leave-in termoativado é necessário para formar uma película no fio, protegendo e segurando mais as vitaminas da camada capilar. Escolha um produto com silicone ou queratina na fórmula, porque esses dois ingredientes conseguem selar as cutículas, mantendo o brilho e a maciez.

Depois de lavar e passar o leave-in com proteção térmica, chegou a hora de escovar o cabelo e secar mecha por mecha com o secador. Ele vai modelar a fibra do cabelo e é aqui que você vai definir se quer as pontas para frente, arrepiadas ou retinhas. Então, escolha um produto de qualidade, use uma escova específica para o resultado que você espera e sempre mantenha uma distância de pelo menos 20 centímetros entre o cabelo e o jato quente do secador.

Além do secador secar os cabelos e evitar o processo que queima os fios com a chapinha direto no cabelo molhado, ele também ajuda a deixar o cabelo mais leve, solto e macio. Isso porque não agride tanto quanto a chapinha. Depois de estar com o cabelo todo sequinho, separe o cabelo em mechas finas e comece a passar a chapinha, sempre uma vez por mecha.

Como passar chapinha sem detonar o cabelo?
Vote no artigo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *