Porque o Cabelo fica Danificado?

Muito se fala a respeito de tratamentos e métodos de recuperação para cabelos danificados.
Mas você já parou para pensar nas causas que levaram suas madeixas à este estado?
Minha avó já me dizia: “É melhor prevenir do que remediar”.
Sábia frase.
Evitar danos aos cabelos é bem mais fácil do que consertá-los.
Para tanto, saber sobre as causas de um cabelo danificado é fundamental.

Porque o Cabelo fica Danificado?

Cabelo Danificado - Porque o Cabelo fica Danificado?

Podemos dividir as razões que levam nossas madeixas para UTI em dois grupos:
Interferências Mecânicas e Interferências Químicas.
OBS: Entre ambas não há classificação de “melhor” e “pior”, o grau dos danos causados aos cabelos dependerá da intensidade de cada uma.

 

Interferências Mecânicas

Escovas, chapinha e babyliss excessivos, pentes, tesouras de má qualidade e até mesmo os aparentemente inofensivos enfeites de cabelo machucam a fibra capilar com atrito e altas temperaturas.
Tais fatores desgastam as cutículas dos fios e, por consequência, acarretam textura áspera ao cabelo.
Cabelos lesionados por interferências mecânicas tendem a ter o aspecto espigado e, quando molhados, tornam-se ainda mais frágeis.
O simples ato de pentear pode ocasionar quebra neste tipo de fio.

Interferências Químicas

Alisamentos, relaxamentos, colorações, descolorações e até mesmo tonalizantes (e Sprays Clareadores, rs) são processos que alteram a o equíbrio químico natural dos cabelos.
Ademais, até a incidência de raios UV também entra nesta categoria de Interferências Químicas.
Essas interferências agridem a estrutura externa e interna dos fios:

> Na camada interna, ocasionam fissuras e rupturas na fibra capilar.
O cabelo fica poroso, sem elasticidade e, portanto, mais suscetível a quebras excessivas.
> Na camada externa, as cutículas se tornam danificadas e ásperas.
O cabelo fica opaco e embaraça facilmente

 

Seu cabelo está danificado?
Não se desespere. Há como cuidar!
Hidratar, nutrir, reconstruir e proteger as madeixas (interna e externamente) é vital para devolver a saúde, resistência e viço perdidos tanto por interferências químicas quanto mecânicas.
Pois é, Flores, cabelo virgem nem sempre é sinônimo de cabelo saudável

Beijos Mil
Karina Viega

5 Comments

    • Karina

      at

      Luuuu, MUITO obrigada por avisar!!!
      Poxa vida, esse pessoal deveria aprender a pensar com a própria cabeça…
      Que coisa chata, a gente demora uma vida para aprender e dividir, depois vem alguém com ctrl+c ctrl+v.

      Valeu meeesmo.
      Vou alertar a Kika ^.~

      Beijos no coração!

  1. Ceu

    at

    Oi Ka, e lhe digo mais,tem muito cabelo virgem sem graça por aí. Bjos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.