in

Cabelos Danificados? Cauterização neles!

Olá pessoal, tudo okay?

Hoje vou falar um pouquinho dos cabelos danificados e principalmente sobre o quê fazer quando eles ficam assim.

cab1

Um cabelo danificado é facilmente identificado quando se é possível notar uma fibra capilar desgastada, em que o toque sensorial dos fios estão porosos, ásperos, sensibilizados, muito rígidos e frágeis ao mesmo tempo, com tendência a quebra, muito finos, com uma cor muito apagada, sem brilho, com pontas duplas, triplas, quádruplas, quíntuplas…

 

Já quando o cabelo está saudável, ou pelo menos bem tratado, nota-se que a camada protetora dos fios está bem fechada e selada, que são as cutículas, que protegem os interior da fibra capilar, impedindo que os danos cheguem ao córtex (o que ocasiona a quebra). E a manutenção e saúde dessas cutículas, são essenciais para a manutenção da água e das proteínas e aminoácidos nos fios, fazendo com que esses itens permaneçam ali, firmes e fortes. O que gera maciez, brilho, força, resistência e boa maleabilidade.

 

Um dos principais fatores que levam os fios a ficarem danificados, são os tratamentos capilares químicos. O que mais desgasta a fibra capilar é a descoloração. Ela que é o processo que se pode dizer “mais forte” por entrar no fio praticamente ‘destruindo’ tudo o que vê pela frente a fim de remover deles os pigmentos que nele estão. E com isto, acaba por destruir (oxidar) os aminoácidos e proteínas dos cabelos, sem falar na camada lipídica protetora que fica nas cutículas capilares.

Alisamentos, permanentes, e as mais variadas escovas, como principalmente a escova progressiva com formol, tinturas, decapagens, entre outros, também são processos químicos, e danificam bastante a estrutura capilar dos fios. Se você for investir em um deles, ou já investiu, será necessária uma mudança radical na sua rotina capilar. Isto é, se você quiser manter seus fios saudáveis e brilhantes.

Outros fatores de danos progressivos aos fios são os raios solares, excessivo uso de secador e chapinha (sem proteção térmica), exposição ao ar condicionado, poluição, ventania muito forte, cloro e até xampus muito fortes, contendo altas doses de agentes de limpeza.

 

Aí o que as pessoas tentam fazer, e sempre saem reclamando depois de um ou dois dias, e as vezes até no mesmo… Hidratação!

Uma hidratação normal não vai ser o bastante para reparar os danos de um fio danificado. Isto porque ressecamento e danos, não são a mesma coisa. É só você pegar a sua pele por exemplo… Quando ela fica seca, sem brilho e sem maciez, é a mesma coisa de quando ela fica machucada? Não, não é mesmo? Para os cabelos é mais ou menos assim que funciona.

Fios danificados no mínimo requerem reconstruções seguidas de nutrições.

Um tratamento que é essencial para fios danificados é a cauterização. Ela que faz uma boa reposição de queratina e outras moléculas de proteínas na fibra capilar dos fios danificados. Dando essa “cauterizada”, os fios vão ficando mais fortes, brilhantes e com vida.

Funciona super bem naqueles fios bem danificados, que estão bem ásperos e porosos.

 

Para quem já conhece a técnica, tenho certeza que gosta bastante dela. Para quem não conhece, amanhã vou fazer um bom roteiro pra vocês! =D

 

Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se jogue nasTranças!

Como cuidar do cabelo de acordo com a sua idade?

Como cuidar do cabelo de acordo com a sua idade?