Óleos Vegetais e seus Benefícios (Parte 2)

Olá pessoal, tudo okay?

Hoje vou continuar falando dos óleos vegetais e seus benefícios para os cabelos.

argan1 - Óleos Vegetais e seus Benefícios (Parte 2)

Um trecho do post anterior, para quem não o viu:

argan5 - Óleos Vegetais e seus Benefícios (Parte 2)

“Os benefícios trazidos pelos óleos vegetais podem variar entre hidratação, emoliência, suavidade, brilho, nutrição, reparação da cutícula, sedosidade. E com tantos benefícios, o marketing  gerado em cima dos óleos que foi impulsionado pelo argan, fazendo com que vários e vários produtos fossem lançados em cima deste ativo e outros ativos semelhantes, incluindo-os em shampoos, condicionadores, cremes para pentear, leave ins, máscaras,sprays, óleos finalizadores, etc.

A partir daí, várias marcas, comerciais e profissionais, nacionais e importadas, começaram a apostar e se beneficiar do “olhar” que foi gerado em cima dos óleos, e incluí-los em seus produtos e linhas. E no geral, funcionou!

São vários e vários os óleos vegetais existentes que possuem benefícios para os fios, como os óleos de macadâmia, óleo de coco, óleo de abacate, óleo de manga, óleo de monoi, óleo de oliva, óleo de ojon, óleo de café, entre muitos outros.”

Confira o post na íntegra, clicando aqui!

 

argan4 - Óleos Vegetais e seus Benefícios (Parte 2)

Neste post eu comecei falando dos benefícios do óleo de argan, hoje, vou falar dos benefícios de vários outros óleos.

 

Óleo de Monoi

O óleo é originado do Taiti. Ele é o extrato oleoso de uma flor chamada Tiaré (gardhenia thaitensis flower) com o óleo de coco (cocos nucifera oil) em uma certa temperatura.

Ele é um óleo rico em ácidos graxos, de potencial super hidratante. Ele tem um excelente efeito reparador em cabelos secos e danificados, proporcionando brilho. Em cabelos normais o monoi promove uma melhora significativa do brilho dos fios. Também possuindo propriedades experimentais de efeito anticaspa.

O monoi é em vários tipos de produtos como shampoos, hidratantes para os cabelos e em cremes corporais.  Nos cabelos, o uso deve ser moderado, isto pois ele pode acabar gerando acumulo de resíduos, anulando seus benefícios e gerando um malefício, sendo indicado o uso por cerca de duas vezes por semana.

 

Óleo de Ricino

argan2 - Óleos Vegetais e seus Benefícios (Parte 2)

O óleo de ricino(também conhecido como óleo de mamona), é utilizado para muitas coisas, como o preparo de alimentos até o alívio de dores. O óleo de rícino pode também ser usado para auxiliar na recuperação de problemas capilares que podem ocorrer com a  idade ou alguma doença.

O óleo de ricino é uma excelente ferramenta de auxilio no crescimento de sobrancelhas ou fios de cabelo que aparentam estar cada vez mais ralos ou em quantidade diminuída. É variável este efeito, podendo ser notado em algumas semanas, ou até uns dois meses.

Também pode ser aplicado nas sobrancelhas, deixando-as impecáveis e ligeiramente mais escurecidas (se forem muito claras).

Este óleo é  utilizado para gerar o crescimento dos fios de cabelo após algum tipo de lesão que o fez ser removido, como queimaduras ou cortes bem aprofundados. Sendo indicada a aplicação do óleo, sempre antes de dormir, em uma cicatriz de uma área que costumava ter cabelos (mas apenas quando estiver em condições de ser aplicado), o que proporciona uma aceleração no crescimento dos fios.

O óleo aplicado ao couro cabeludo também evita a acumulação de sujeira e também evita problemas de bloqueio do crescimento dos fios, além de que ela limpa o couro cabeludo completamente sem deixar descamações, sendo um excelente agente anticaspa.. Ele remove a sujeira que obstrui os poros se tornando um agente contra a caspa e a queda de cabelo. Aplicado no comprimento e pontas dos fios gera um brilho saudável e deixa os fios de cabelo com uma boa maciez. O óleo de rícino também possui propriedades anti-inflamatórias, antibacterianas e antifúngicas. Também atua como um agente umectante, ajudando a manter os níveis de umidade regularizados nos fios de cabelo. Além de ajudar a engrossar os fios a partir de um crescimento mais saudável.

O óleo de mamona é conhecido por sua utilização como laxante, purgativo e para o uso de cuidados com a pele como frieiras, acne e queimaduras, pele inflamada, manchas, furúnculos, regeneração e cura de fissuras nos tornozelos e nos pés, também podendo ser muito bem usado para rugas ao redor dos olhos, também pode ser usado como tratamento para dores musculares, infecções e inflamações.
O óleo de ricino também pode e é usado como um agente de cura natural e indolor com que gera limpeza, purificação e melhora do bem estar, quando inserido internamente.
Em breve, outros óleos.
Abraços.
F.

1 Comment

  1. olho de ricino deixa o cabelo loiro amarelado?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido por direitos autoriais.