Óleos Vegetais e seus Benefícios para os Cabelos!

Olá pessoal, tudo okay?

Hoje vou falar dos óleos vegetais e os benefícios que eles trazem aos cabelos.

argan4

Nos últimos anos fomos apresentados a uma “novidade” que prometia recuperar e restaurar cabelos muito ressecados e danificados. Esta promessa que era embasada nos óleos capilares (com seu “precursor” líder, o óleo de argan).

Esta “novidade” que foi iniciada com o argania spinosa kernel oil, que ficou popularmente conhecido como óleo de argan, tomou rumos e espaços na área cosmética e da beleza, trazendo em seguida, muitos outros óleos vegetais como multi benefícios alternativos para os fios.

argan2

Os benefícios trazidos pelos óleos vegetais podem variar entre hidratação, emoliência, suavidade, brilho, nutrição, reparação da cutícula, sedosidade. E com tantos benefícios, o marketing gerado em cima dos óleos que foi impulsionado pelo argan, fazendo com que vários e vários produtos fossem lançados em cima deste ativo e outros ativos semelhantes, incluindo-os em shampoos, condicionadores, cremes para pentear, leave ins, máscaras,sprays, óleos finalizadores, etc.

A partir daí, várias marcas, comerciais e profissionais, nacionais e importadas, começaram a apostar e se beneficiar do “olhar” que foi gerado em cima dos óleos, e incluí-los em seus produtos e linhas. E no geral, funcionou!

São vários e vários os óleos vegetais existentes que possuem benefícios para os fios, como os óleos de macadâmia, óleo de coco, óleo de abacate, óleo de manga, óleo de monoi, óleo de oliva, óleo de ojon, óleo de café, entre muitos outros.

argan3

Apesar de terem suas similaridades, cada óleo tem suas características próprias e singulares. É comum encontrar quem pense que são todos iguais e que todos fazem as mesmas coisas nos fios, mas não é bem assim. É como na cozinha, você usa óleo de soja, ou girassol no geral, para preparar seus alimentos, não ficando utilizando óleo de ojon, argan ou abacate (não que não seja possível), mas cada um deles serve pra uma coisa na sua cozinha. O de soja geralmente é utilizado para frituras e cozidos, o de girassol para assados e refogados, o de oliva para saladas e massas e assim vai.

Cada um dos óleos sai com suas características próprias, seja de cor, aroma, textura mais fina, textura mais grossa, benefício. Cada um deles tem seu preço e valor monetário, indicado pra certa especificidade. Alguns são mais fáceis de se encontrar, alguns mais difíceis; alguns são mais fáceis de se produzir, alguns são mais difíceis de se produzir e conseguir.

argan5

Para o uso cosmético, são adicionados aos óleos alguns agentes conservantes, para manter a integridade dos óleos ativa por mais tempo de duração, pois como são vegetais, tendem a apodrecer ou serem invadidos por bactérias. Também tem adições de silicones, no geral, pois sem, ele teria uma textura de óleo, ou seja, muito oleosa, e certamente pesaria ou engorduraria os fios da maioria das pessoas. Também que os silicones, como formam uma barreira de proteção envolvendo o fio de cada cabelo, também ajuda nessa formação, a “colar” as moléculas de oleosidade e gordura dos óleos vegetais nos fios, as mantendo ali mais firmemente e com mais durabilidade.

 

Vamos então, começar a falar do famoso óleo de argan!

 

O óleo de argan tem ação tem uma ótima ação de regeneração da aparência saudável dos cabelos. Dentre seus benefícios, podemos destacar a sedosidade, a maciez, o brilho, a maleabilidade e a aparência rejuvenescida que ele proporciona aos fios ao formar uma proteção natural sobre os fios de cabelo. O óleo de argan é um ótimo ativo nutritivo para os fios, garantindo todos esses benefícios de nutrição, como também sendo capaz de ser o auxiliar de uma boa, notável e durável hidratação.

argan1

Ele é versátil, sendo indicado (com moderação) para todos os tipos de cabelo, por ser um pouco mais leve que muitos outros. Ele é principalmente indicado para cabelos danificados, muito secos e ressecados. O óleo de argan pode ser utilizado misturado na coloração (aumentando brilho e diminuindo danos), descoloração (diminuindo danos e evitando ressecamento excessivo), nas máscaras de hidratação (potencializando a hidratação), nas máscaras de nutrição (potencializando a nutrição),  sendo necessária apenas a aplicação de algumas gotas dele na mistura, o que já é o suficiente para se produzir seus benefícios sobre os fios. Sem mencionar a forma tradicional, aplicando para finalizar e proteger os fios, com apenas algumas poucas gotas.

Eu amo o argan, e sei que muita gente também!

Em breve vem mais!

 

Abraços.

F.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *