Óleos Vegetais: Cálamo, Mirra, Oliva, Palma e Prímula

Olá pessoal, tudo okay?

Hoje vou continuar a saga dos óleos vegetais, apresentando pra vocês os vários tipos e benefícios dos variados óleos existentes.

 

Óleo de Cálamo

O óleo de cálamo é um óleo essencial. Geralmente é utilizado contra o vírus da hepatite ou então para o fortalecimento do cabelo (como auxiliar, raramente ou nunca sozinho). Também, por seu aroma, é utilizado em perfumes e licores. Ele também tem ação bactericida, sendo auxiliar contra micróbios e bactérias.

O extrato alcoólico do cálamo também pode gerar efeito sedativo ou analgésico, sendo utilizado em várias pílulas para dormir, anestesias, medicamentos para cirurgias e diminuir a estimulação, além de um efeito anticonvulsivante.

Ele é gerado na Europa ou na Ásia. O óleo de cálamo contém um alto teor de resinas naturais que auxiliam na modelagem dos fios, como o combate contra o frizz. Também tem efeito de selar as cutículas dos fios, gerando uma proteção contra as agressões externas (sejam climáticas, mecânicas ou químicas).

 

Óleo de Mirra

u1

O óleo de mirra é um produto utilizado desde a antiguidade (quem lê, leu, ou lia a bíblia sagrada, o encontra na passagem do nascimento de Jesus, presente de um rei mago), frequentemente utilizado em tratamentos terapêuticos, estéticos, perfumaria e em bálsamos. Ele tem uma forte presença nas áreas místicas e religiosas (como citei acima). Ele é rico em ácidos graxos (os ômegas), aldeídos;

Ele doa emoliência aos fios, ajuda a reparar as cutículas, prolonga a sedosidade, nutre, aumenta a resistência, melhora o aspecto saudável, dá força e brilho.

 

Óleo de Oliva

u2

O óleo de oliva é originário das áreas mediterrâneas. É utilizado na alimentação, saúde e na área da beleza, como foco. Era utilizado, inclusive, há mais de cinco mil anos, quando as egípcias descobriram os benefícios que o azeite de oliva trazia para suas peles e cabelos.

Ele é rico em vitaminas A, D, K, e E, tem poderosa ação antioxidante e é um excelente agente de efeito anti age (efeito anti idade, retardante do envelhecimento; no caso, tanto da pele, quanto dos cabelos).

Tem ação anti-rugas, hidratante,  suavizantes,  calmante (pele), emoliente, melhora a elasticidade dos fios, dá brilho, tem um leve efeito relaxante, dá maciez, gera proteção, nutrição, repara as cutículas, reduz o frizz, controla os fios rebeldes, evita as pontas duplas, melhora a textura, dá sedosidade e fortalece os fios.
Adicionando uma ou duas colheres dele na sua hidratação ou nutrição, já é o suficiente para se notar seus benefícios.
Ele pode ser acrescentado a tratamentos, utilizado (em poucas gotas) como finalizador, para umectação dos fios, ou como o uso do pré-shampoo (utilizado sobre os fios alguns poucos minutos antes da lavagem dos mesmos).
Óleo de Palma
u3
O óleo de palma, também muito conhecido como azeite de dendê, é um ativo bem utilizado na área cosmética. Ele contém alto teor de vitamina E e tocoferóis , que juntos, proporcionam efeito antioxidante. Também é rico em ácidos graxos e vitamina A, que nele, é cerca de 14 ou 15 vezes maior do que a concentrada em uma cenoura.
Com uma ou duas colheres adicionadas ao creme de tratamento, já se nota o resultado. Também é indicado para lábios rachados e ressecados. Em cabelos claros é indicado um teste de mecha, pois como ele tem uma coloração bem forte, pode vir a dar uma leve manchada na cor dos fios, como a pele (sendo utilizado puro). Ele gera brilho, hidratação, maciez e ação antifrizz.
Óleo de Prímula
u4
O óleo de prímula é extraído das sementes da planta de mesmo nome. Rico em ácidos graxos essenciais para o bom funcionamento do organismo do nosso corpo que não são produzidos por ele próprio, sendo necessária a ingestão destes.
A aplicação do óleo de prímula diretamente sobre o couro cabeludo, gera uma grande nutrição para ele. Isto caso, você tenha (ou esteja sofrendo de) couro cabeludo muito seco ou então com aqueles farelos de caspa, sendo utilizado o óleo seguido de uma boa e relaxante massagem, você vai ir eliminando ambos os problemas com isto, pois os ácidos graxos (os ômegas, se lembrem) por gerar alta nutrição, também vai manter e muito a hidratação do couro cabeludo, mantendo-o saudável.
Também é encontrado na forma de cápsulas e comprimidos.
É muito indicado para pessoas que sofrem de queda capilar (em geral, com altos níveis de DHT. que diminui os níveis.)
Abraços.
F.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *