Como é feita a reconstrução capilar?

Devolver ao fio todas as proteínas que ele perdeu com a chapinha é uma das formas de deixar o cabelo mais nutrido e volumoso. Com a quantidade exagerada de descoloração, chapinha, sol e secador, as fibras capilares vão perdendo força e o cabelo loiro vai ficando fino, sem vida e bem ralinho. Quando você faz a reconstrução capilar, esse fio recebe o preenchimento de nutrientes, eliminando as camadas fracas e, assim, ganhando volume e também força e resistência.

Como é feita a reconstrução capilar?

Como é feita a reconstrução capilar?

De acordo com a técnica da Fine Professional Hair, de São Paulo, Sonia Vitoriano, a reconstrução capilar é capaz de devolver aos cabelos finos as proteínas e os nutrientes perdidos nas químicas. Por isso, essa técnica de hidratação profunda é super recomendada às loiras. “As mulheres loiras fazem muitas descolorações nos fios. E cada vez que esse processo é realizado, há uma perda muito grande de nutrientes, vitaminas e proteínas. O fio fica mais fino, perde o brilho no comprimento e fica com a raiz oleosa. Quem sofre com esse problema, deve apostar na reconstrução das camadas capilares”, afirma.

A chapinha e escova também fazem o cabelo loiro ficar mais fino. Isso porque esses dois aparelhos arrancam do fio a queratina, uma proteína que dá resistência ao cabelo. Além disso, esses processos também fazer as camadas capilares perderem aminoácidos, que deixam os fios mais grossos. “Então, a mulher loira junta a descoloração, com a chapinha e o secador e perde toda a vitalidade do cabelo. O fio fica mais áspero, com uma textura porosa, que quase se desmancha. As pontas ficam duplas e bem ressecadas, resultado de fissuras na camada capilar”, afirma a especialista.

Para reverter essa situação nos cabelos, a profissional recomenda fazer a reconstrução capilar no salão, pelo menos uma vez ao mês. Até o cabelo ganhar força e volume. É preciso, de acordo com ela, lavar os cabelos com um xampu de limpeza profunda, como de antirresíduos. Ele vai fazer uma limpeza geral e tirar todo o tipo de poluição e resquícios de cremes e tinturas. Depois, é aplicado uma máscara com hidratação profunda e concentração máxima de nutrientes.

Sempre fique atenta ao rótulo do produto desta máscara! Para dar o efeito desejado, ela precisa ter: queratina, creatina, lipídeos e aminoácidos. Depois, é hora de esperar por cerca de 30 minutos o produto penetrar no cabelo. Essa máscara vai agir de fora para dentro, até preencher todas as camadas capilares que estão danificadas. Após isto, o profissional vai enxaguar sempre com água fria ou morna.

Para finalizar, é aplicado um selante, que, na verdade, é um produto que fecha a cutícula e forma um filme protetor para que todo o nutriente aplicado pela máscara não saia do fio. Além disso, esse selante vai ajudar a proteger o cabelo do sol, do secador e também da chapinha. Ele age como um protetor térmico, mas não dispensa o uso de um protetor na hora de você secar o cabelo em casa, ok? Depois deste produto, é passado a prancha, que, neste caso, não vai retirar nenhum nutriente do fio, que estará protegido. O calor vai ajudar a fixar o produto no cabelo.

Como é feita a reconstrução capilar?
Vote no artigo

1 Comment

  1. cacau

    26 de setembro de 2013 at 9:29

    bom dia!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *