Como acabar com as pontas duplas sem precisar cortar

Tintura mês passado, descoloração neste mês e uma progressiva ou alisamento mês que vem. Quase todo dia, secador e chapinha. Se identificou com essa rotina louca de salão de beleza? Pois é, essa é, para muitas mulheres, o ritmo de cuidados com os cabelos: sempre com a raiz feita, super lisos e bem brilhosos. Muitas esquecem a hidratação e quase nenhuma pensa em cortar um pouco dos fios. Daí, a coisa complica! Se você não manter um ritmo de hidratações e reposições de vitaminas, vai estragar tudo. É quando aparece o aspecto espigado, o brilho começa a sumir e muitas, muitas, muitaaas pontas duplas aparecem. Elas deixam o visual nada legal e bem longe daquele resultado de diva que você esperava ter.

Como acabar com as pontas duplas sem precisar cortar

Como acabar com as pontas duplas sem precisar cortar

Antes de tudo, é preciso saber que o fio é como se fosse uma linha, que tem fibra e muitas camadas, formadas por escama. Para esta haste ficar durinha, ter movimento, ter brilho e deixar o aspecto saudável, ela precisa estar preenchida com queratina natural, um pouco de sebo natural, vitaminas e melanina, que contribui para a cor natural do cabelo. Só que, quando esta haste passa por momentos tensão (chapinha, tintura, descoloração, secador, alisamentos), ela perde a força e começa a quebrar, perde o brilho e fica opaca, perde as vitaminas e fica doente.

Resultado: o fio quebra, fica espigado e envelhecido, causando uma rigidez muito grande entre uma escama e outra. Quando estas escamas se rompem, por conta da fragilidade, forma-se, então, a ponta dupla. O que acontece na maioria dos cabelos, independendo do tamanho ou da cor, depois de muito a química e pouca hidratação. As pontas duplas surgem e começam a prejudicar todo o trabalho feito com o salão. Do que adianta um cabelo liso, pintado e loiro com ponta dupla e espigado?

Além destes fatores, como a descoloração, a tinta e o alisamento, a exposição ao sol sem nenhuma proteção aos fios, muito banho de mar, água quente na hora de lavar os cabelos e também banhos de piscina sem passar um creme antes e depois, também colaboram com o surgimento da ponta dupla. O secador e a chapinha, quando usados com muita frequência e também quando são deixados diretamente no fio por muito tempo, prejudicam a saúde das camadas e provocam a ponta dupla.

Como se não bastasse tudo isso, quando você usa um xampu que não é apropriado para o seu tipo de cabelo ou fica dias sem lavar, deixando oleosidade e sujeira acumularem na raiz, a ponta fica ressecada, sem nutriente e vai abrir, formando a ponta dupla. Bom, agora que você já sabe tudo o que causa o problema, pode começar a realizar ações que diminuem o risco das pontas duplas, evitando-as. Mas, se o seu caso já está na fase das pontas duplas, o jeito é cortar.

Tem como sim, selar as pontinhas, mas nenhuma solução é tão boa e indicada como cortar as pontas do cabelo, retirar as pontas duplas e deixar o fio mais forte e resistente. Usar produtos com muitos silicones, como reparadores de ponta, é uma boa saída imediata. Depois de um tempo isso não vai mais funcionar e o jeito é marcar hora com o cabeleireiro e se preparar para aparar as pontas!

Como acabar com as pontas duplas sem precisar cortar
Vote no artigo

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *