Entrevista: Soluções Para Os 5 Maiores Traumas Dos Cabelos Loiros – Parte 2

Vamos continuar a entrevista que começou no post de ontem, certo?

5- Porque os fios loiros são menos brilhosos? Existe algum produto que realce o brilho desse tipo de cabelo?

Ju, o problema da falta de brilho é comum a qualquer cabelo descolorido ou tinturado, pois há um maior desgaste das cutículas capilares que ficam mais fragilizadas, sensibilizadas, e, justamente por isso, não refletem a luz tão bem quanto os cabelos que não passaram pelo processo de tintura ou coloração.

Mas como as tinturas utilizadas para descolorir os fios são mais agressivas do que para escurecer, com certeza  as cutículas dos fios loiros sofrem muito mais e quanto mais claro for o loiro maior o desgaste da fibra capilar, pois maior será a quantidade de amônia utilizada para abrir a cor.

Como a amônia possui um pH alcalino, ela provoca a porosidade e abre a escama dos fios. Para sanar esse problema, é preciso estabilizar o pH e selar as cutículas. Aí sim o cabelo vai espelhar luminosidade e brilhar.

Por isso, é essencial que após qualquer processo químico seja utilizado um estabilizador de pH. No salão eu uso muito  o Avlon Ferm Conditioning Neutralizing Lotion.

Um produto de uso caseiro que potencializa, e muito, o brilho do cabelo é o óleo de argan.

6-  Porque o cabelo perde proteínas e como repô-las?

O cabelo é composto, basicamente, de queratina (proteína). Os processos químicos ( todos eles) danificam a cutícula e fazem com que o cabelo perca massa (proteínas).

Não só os processos químicos causam perda de massa capilar, mas também o excesso de sol, o uso de secadores e chapinhas, e inúmeros outros processos físicos e ambientais.

Quando isso ocorre, o cabelo fica frágil, sem elasticidade, se rompe com facilidade, ficam finos e opacos.

Nesse caso, é preciso repor massa capilar. Como se faz isso? Com produtos e tratamentos que reponham proteínas, como as cauterizações.

Para uso em casa a melhor máscara do mercado é a Age Recharge, da Kérastase. Ela é um pouco cara, mas repõe divinamente a massa e fortalece os fios. É um pronto socorro do cabelo.

7- O que fazer para evitar o efeito amarelado/ alaranjado/ esverdeado?

É comum que logo após a coloração os fios comecem a ficar com a cor variando entre amarelo e laranja. Isso tem muito a ver com o fundo de coloração, mas também com os danos provocados pela descoloração.

Como falei acima, a amônia e os descolorantes acarretam em perda de massa capilar, fragilizam os fios e deixam o cabelo poroso, o que facilita a absorção de substâncias e pigmentos que interferem na cor do cabelo.

Além disso, é comum que ocorra a oxidação da coloração, o que altera a cor dos fios.

É possível evitar isso tratando os cabelos, repondo queratina e líquidos.

Shampoos com pigmentos azuis e violetas também são boas apostas, mas indispensáveis mesmo são os produtos específicos para manutenção da cor, como shampoos e máscaras adequadas.

8- Quais produtos você mais indica para suas clientes?

Ju, independende da cor do cabelo, eu indico bastante  a máscara da Kerastase, que falei antes, pois ela reconstrói o cabelo como nenhuma outra.

A linha Keracare Intensive Restorative, da Avlon, também tem um retorno muito positivo já que as clientes gostam bastante do efeito restaurador e fortalecedor dos produtos dessa linha, sobretudo da máscara.

Shampoos, condicionadores e finalizadores especificos eu também recomendo, tendo uma boa saída os da Matrix e da Avlon.

O óleo de argan da Inoar, da Avlon e do Moroccanoil são muito bons também e ajudam a manter a saúde dos fios. Cito esses produtos com base no retorno que tenho das clientes,  que sempre se mostram satisfeitas com os mesmos, mas existem outros, que posso indicar em outra ocasião.

 E aí meninas, gostaram?

Beijos

Ju

Entrevista: Soluções Para Os 5 Maiores Traumas Dos Cabelos Loiros – Parte 2
4.2 (83.33%) 6 votes

8 Comments

  1. Mariana Linhares

    3 de junho de 2014 at 10:32

    Como faço pra transformar o ruivo em um loiro médio ou acinzentado?

  2. Tatiane

    30 de abril de 2012 at 2:53

    Olá =)
    Meu cabelo já tinha luzes, e semana passada fiz luzes com o pende descolorindo e depois passei a tinta 11.11 da Alfaparf-Loiro acinzentado cinza intendo com a OX10.. Eu queria passar a OX20 mas a minha cabeleireira disse que poderia ficar verde, mas ele acabou ficando só com algumas mechas cinzas, e ela não deixou a tinta com a ox nem 5 minutos no meu cabelo. E eu queria ficar com loiro acinzentado, que não ficou ;/.. A minha pergunta é, se eu passar a ox12 ou a ox20 e deixar a tinta por uns 15 minutos meu cabelo pode ficar verde?
    ME RESPONDE, POR FAVOR rs
    Bjs e obrigada desde já!!

  3. Daiane

    30 de março de 2012 at 15:54

    Amei a materia!!!

  4. Rosi

    20 de dezembro de 2011 at 13:50

    olá, meu cabelo é fino e misto a raiz muito oleosa e as pontas ficam secas. como faço para controlar a sua oleosidade na raiz? e qual produto vc me indicaria?
    tenho reflexo e retoco a raiz de 03 em 03 meses é um intervalo bom?
    qual produto vc me indicaria para matizar meus cabelos?Queria para o tom platinado.
    desde já muito obrigada.

  5. Amanda Kreves

    8 de novembro de 2011 at 8:27

    Eu sou fã dos produtos para reconstrução, e tenho uma dica para cauterização e reconstrução profunda dos cabelos que estão extremamente danificados e enfraquecidos pelas químicas: A linha Midollo di Bamboo da Alfaparf, ela possui extratos botânicos do miolo de bambu associados às proteínas hidrolisadas em altíssimo percentual e preciosos óleos minerais que alcalçam as partes mais profundas do cabelo, garantindo uma reparação nas três dimensões da estrutura: Os danos são reparados, a coesão entre a cutícula e a camada interna do fio é restabelecida e a superfície capilar é reforçada dando elasticidade e brilho. Com essa linha até os cabelos nas piores condiçoes retornam a um ótimo estado: fortes e brilhantes com resultados desde a primeira aplicação. #ficaadica

  6. Cibele

    30 de outubro de 2011 at 16:08

    Oi Jú!
    O meu contato não é bem um comentário, está mais para um esclarecimento.
    Sou fãzérrima do seu blog, recebo todas as novidades e estou sempre ligadíssima.
    A questão é a seguinte: tenho mechas já faz bastante tempo, e a minha maior preocupação é com a cor, há pouco apliquei a técnica do Botox em um salão que eu confio bastante, mas notei que interferiu um pouco na cor das minhas mechas que costumam ficar bem clarinhas, e depois do botox estou achando elas um pouco amareladas. Pois bem, estou usando o desamarelador C. Kamura, mas como bem sabes deixa o cabelo ressecado, por isso estou intercalando com o clareador da Phytoervas (segui sugestão sua), que aliás é ótimo, mas mesmo assim o amarelinho continua.
    Bem, depois de tudo isso que acabei de te relatar estou pensando em fazer aquela técnica que apresentaste da Matização, pois achei que a cor ficou linda. Gostaria de saber a sua opinião, será que vai adiantar no meu caso em relação a cor, e será que não vai prejudicar o botox que tenho no meu cabelo, pois como sabes o botox é ótimo pois o meu cabelo não tem um fio sequinho sequer e tenho medo de aplicar algum produto que tire esse efeito.
    Espero sua resposta, um beijão Cibele.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *