O cabelo é um indicador de saúde e alimentação saudável

O cabelo é um indicador de saúde e alimentação saudável

A queda de cabelo é um fato muito comum e várias pessoas apresentam essa queixa. O desconforto estético gerado por uma falha ou diminuição na quantidade de cabelo é motivo até de desespero, porque o cabelo é um indicador de saúde as vezes, para algumas pessoas.

São várias as causas que estão associadas a queda de cabelos.

Existem inúmeros fatores que podem estar fazendo o seu cabelo cair, e sem saber exatamente a causa que está associada ao problema fica mesmo difícil acertar no tratamento.

O primeiro passo, então, é investigar alguns dos principais indícios, tanto nos casos de queda de cabelos femininos quanto masculinos. A recomendação é sempre procurar um dermatologista. O problema pode estar associado à parte hormonal do seu organismo, falta de vitamina ou realmente estilo de vida ou stress.

Alguns fatores podem contribuir para queda de cabelos.

Existem as causas genéticas, aquelas que são mais frequentes nos homens, onde não existe nenhuma relação com falta de nutrientes. Existem causas de distúrbios hormonais, esses são mais frequentes nas mulheres. O cabelo é um indicador de saúde vê-se pelo hipotireoidismo que é muito frequente na mulher e provoca queda de cabelo. As condições pontuais: pós cirurgia, pessoas que estão com infecções, estão febris também precisam ser observadas, podem provocar queda de cabelo. E por fim o desequilíbrio nutricional, esse também é muito frequente, tanto em mulheres quanto em homens, que resulta em um cabelo mais frágil e suscetível a queda.

Você está com queda de cabelo acima do normal. É sempre importante uma avaliação médica porque o cabelo é um indicador de saúde.

Mas… Como saber se estou tendo queda capilar acima do normal? Em média caem de 100 a 120 fios de cabelo por dia. Porém esse número é muito relativo, varia de pessoa pra pessoa. Para algumas o normal é cair menos de sessenta fios por dia. Para outras o normal é uma média de cento e cinquenta fios.

Então, só você é capaz de identificar qual é quantidade diária que você perde de fios por dia. A partir daí se está acima do seu normal é importante procurar um médico. São sinais de alerta se o seu cabelo está caindo a mais de dois meses, acima do seu normal.

Se está tendo redução de volume pense que o cabelo é um indicador de saúde. Se começa a ver o couro cabeludo, por transparência ou quando molha, se percebe que a testa está aumentando, são sinais de alerta para procurar um tratamento.

Esta é sempre a melhor alternativa: antes de você fazer qualquer tipo de tratamento para combater queda de cabelo, procure um dermatologista, descubra porque o seu cabelo está caindo. Muitas vezes você pode investir em loções, shampoos e produtos que não sejam exatamente a sua necessidade.

A queda de cabelo pode ocorrer principalmente quando você está fazendo dietas mal conduzidas, por isso observe o cabelo é um indicador de saúde.

Sim, isso é fato. As causas nutricionais podem estar por trás do cabelo frágil. Você pode prevenir uma queda de cabelo ou ter um cabelo saudável, através de uma alimentação correta, ou seja, equilibrada e saudável. Para evitar fios opacos, quebradiços, sem vida, é importante incluir no cardápio alimentos que contenham proteínas, cálcio, minerais, entre outros nutrientes.

Do ponto de vista nutricional. O cabelo é uma estrutura que tem 80% da sua constituição de proteína, então o primeiro nutriente fundamental para uma boa saúde do cabelo é uma boa ingestão de proteínas. Ela é importantíssima para a construção do fio.

Alimentos que ajudam combater a queda de cabelo

As frutas também são importantíssimas para a saúde dos cabelo. Elas contem vitaminas do complexo B, principalmente a vitamina B5 e B6 que são fundamentais para multiplicação celular. A vitamina “A” é encontrada com facilidade na manga, damasco, cenoura, alface. O morango, alcachofra, pepino nabo, cebola, alho são fontes generosas de silício.

As proteínas de origem animal estão presentes, tradicionalmente, na carne vermelha, aves, peixes, ovos, derivados do leite, são importantes fontes proteicas.

Se você é vegetariana, não precisa se preocupar, você não vai ficar prejudicada, porque existem excelentes fontes de proteínas também de origem vegetal, por exemplo, ervilha, lentilha, feijão, grão de bico, soja, entre outras.

O ferro é indispensável para a saúde dos cabelos. Você sabia disso?

O ferro é um mineral que faz parte de um pigmento que existe no sangue, chamado hemoglobina. Esse pigmento transporta o oxigênio para as células. A célula capilar se multiplica muito rápido, então nós precisamos de muito alimento e muito oxigênio, por isso é muito importante que exista o ferro na alimentação diariamente.

Ele pode ser encontrado também nas carnes, nos vegetais verdes escuros couve, rúcula, agrião, espinafre. Está presente também nas castanhas, nozes, amêndoas, aveia.

Vitaminas do complexo B, zinco e ômega 6 completam o cardápio

O zinco também é fundamental para a saúde do cabelo. As carnes, ovos, leite, aveia, arroz integral, oleaginosas, leguminosas, são fonte desse mineral. As vitaminas do complexo B são fundamentais para o cabelo. Onde encontra-las? No trigo em grãos, levedo de cerveja. Ômega 6 é importante para o couro cabeludo, para não deixar a pele e o couro cabeludo muito oleosos. Encontra-se nos peixes, no azeite, aveia, oleaginosas.

Cuide bem da sua saúde. Mantenha uma alimentação saudável. Você verá os resultados também nos seus cabelos!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *